Jump to contentJump to page navigation: previous page [access key p]/next page [access key n]
Aplica-se a SUSE Linux Enterprise Server 15 SP1

11 Instalação remota

Resumo

A instalação do SUSE® Linux Enterprise Server pode ser totalmente efetuada pela rede. Este capítulo descreve como fornecer o ambiente necessário para inicialização, instalação e controle da instalação por meio da rede.

11.1 Visão geral

Para uma instalação remota, é preciso considerar como inicializar, como controlar a instalação e a fonte dos dados de instalação. Todas as opções disponíveis poderão ser combinadas umas com as outras, se estiverem disponíveis para sua plataforma de hardware.

Método de boot

Dependendo do hardware, há várias opções para inicializar um sistema. As opções comuns são DVD, unidade USB ou boot PXE. Para obter mais informações sobre sua plataforma, consulte a Parte I, “Preparação para instalação”.

Para configurar um servidor para inicialização via PXE, consulte o Capítulo 15, Preparando o ambiente de boot de rede.

Fonte de dados

Em geral, os DVDs ou as unidades USB são usados como fonte de instalação do SUSE Linux Enterprise Server. Como alternativa, é possível usar os servidores de instalação. Nesse caso, use o parâmetro de boot install para especificar a fonte. Para obter informações detalhadas, consulte a Seção 7.3.3, “Especificando a fonte de instalação”.

Para usar uma fonte de rede para instalação, prepare um servidor, conforme descrito no Capítulo 14, Configurando uma fonte de instalação de rede.

Controlando a instalação

Em vez de usar um teclado e um monitor diretamente conectados à máquina de destino, a instalação pode ser controlada por meio de SSH, VNC ou usando o console serial de uma máquina. Esse procedimento está descrito na Seção 11.3, “Monitorando a instalação por VNC”, Seção 11.4, “Monitorando a instalação por SSH” e Seção 11.5, “Monitorando a instalação pelo console serial”.

Em vez de controlar manualmente a instalação, o AutoYaST pode ser usado para automatizar totalmente o processo de instalação. Para obter informações detalhadas, consulte o AutoYaST Guide.

11.2 Cenários de instalação remota

Esta seção apresenta os cenários de instalação mais comuns para instalações remotas. Para cada cenário, verifique cuidadosamente a lista de pré-requisitos e siga o procedimento descrito para o cenário específico. Se necessitar de instruções detalhadas para uma etapa específica, siga os links fornecidos para cada uma.

11.2.1 Instalação de DVD via VNC

Este tipo de instalação ainda requer algum grau de acesso físico ao sistema de destino para inicializar na instalação. A instalação é controlada por uma estação de trabalho remota usando VNC para se conectar ao programa de instalação. A interação do usuário é necessária, como na instalação manual no Capítulo 8, Etapas de instalação.

Para este tipo de instalação, verifique se os seguintes requisitos foram atendidos:

  • Sistema de destino com conexão de rede ativa.

  • Sistema de controle com conexão de rede ativa e software viewer do VNC ou browser habilitado para JavaScript (Firefox, Chromium, Internet Explorer, Opera, etc.).

  • DVD de instalação.

Para executar este tipo de instalação, proceda da seguinte maneira:

  1. Inicialize o sistema de destino usando o kit de mídia do SUSE Linux Enterprise Server.

  2. Quando a tela de boot do sistema de destino for exibida, use o prompt de parâmetros de boot para definir as opções de VNC e, se necessário, a configuração de rede estática. Para obter informações sobre os parâmetros de boot, consulte o Capítulo 7, Parâmetros de boot.

    1. Parâmetros de boot para uma configuração de rede estática:

      netdevice=NETDEVICE hostip=IP_ADDRESS netmask=NETMASK gateway=IP_GATEWAY vnc=1 VNCPassword=PASSWORD
    2. Parâmetros de boot para uma configuração de rede dinâmica (DHCP):

      vnc=1 VNCPassword=PASSWORD
  3. O sistema de destino é inicializado em um ambiente baseado em texto, apresentando o endereço de rede e número de exibição sob o qual o ambiente de instalação gráfico pode ser endereçado por qualquer aplicativo visualizador VNC ou browser. As instalações do VNC se anunciam em OpenSLP e se as configurações de firewall permitirem. É possível encontrá-las usando slptool conforme descrito na Seção 11.3.1, “Preparando para instalação VNC”.

  4. Na estação de trabalho de controle, abra um aplicativo de visualização VNC ou browser da Web e conecte-se ao sistema de destino como descrito na Seção 11.3, “Monitorando a instalação por VNC”.

  5. Execute a instalação como descrito no Capítulo 8, Etapas de instalação.

  6. Reconecte-se ao sistema de destino depois que ele for reinicializado para a configuração inicial do sistema. Para obter os detalhes, consulte a Parte IV, “Configuração inicial do sistema”.

11.2.2 Instalação da rede via VNC

Esse tipo de instalação não requer interação direta com a máquina de destino. O sistema é inicializado via PXE, e os dados de instalação são buscados em um servidor.

Para executar este tipo de instalação, verifique se os seguintes requisitos foram atendidos:

  • Pelo menos uma máquina que possa ser usada para instalar um servidor DHCP, NFS, HTTP, FTP, TFTP ou SMB.

  • Sistema de destino com recurso de inicialização PXE, rede e Wake on LAN, conectado à rede.

  • Sistema de controle com conexão de rede ativa e software viewer do VNC ou browser habilitado para JavaScript (Firefox, Chromium, Microsoft Edge, Opera, etc.).

Para executar este tipo de instalação, proceda da seguinte maneira:

  1. Configure o servidor que contém os dados de instalação. Para obter os detalhes, consulte a Parte III, “Configurando um servidor de instalação”.

  2. Configure um servidor DHCP e TFTP para a rede. Isso está descrito no Capítulo 15, Preparando o ambiente de boot de rede. Adicione os parâmetros de boot necessários para habilitar o servidor VNC.

  3. Habilite o boot PXE no firmware da máquina de destino. Para obter mais informações, consulte a Seção 15.4, “Preparando o sistema de destino para inicialização PXE”.

  4. Inicie o processo de inicialização do sistema de destino usando Wake on LAN. Isso está descrito no Seção 15.6, “Ativação na LAN”.

  5. Na estação de trabalho de controle, abra um aplicativo de visualização VNC ou browser da Web e conecte-se ao sistema de destino como descrito na Seção 11.3, “Monitorando a instalação por VNC”.

  6. Execute a instalação como descrito no Capítulo 8, Etapas de instalação.

  7. Reconecte-se ao sistema de destino depois que ele for reinicializado para a configuração inicial do sistema. Para obter os detalhes, consulte a Parte IV, “Configuração inicial do sistema”.

11.2.3 Instalação do DVD via SSH

Este tipo de instalação ainda requer algum grau de acesso físico ao sistema de destino para a inicialização na instalação e para determinar o endereço IP do destino de instalação. A instalação em si é inteiramente controlada de uma estação de trabalho remota usando SSH para se conectar ao instalador. A interação do usuário é necessária, como na instalação comum descrita no Capítulo 8, Etapas de instalação.

Para este tipo de instalação, verifique se os seguintes requisitos foram atendidos:

  • Sistema de destino com conexão de rede ativa.

  • Sistema de controle com conexão de rede ativa e software cliente SSH ativo.

  • DVD de instalação.

Para executar este tipo de instalação, proceda da seguinte maneira:

  1. Configure o destino e o servidor de instalação, conforme descrito na Parte III, “Configurando um servidor de instalação”.

  2. Inicialize o sistema de destino usando o kit de mídia do SUSE Linux Enterprise Server.

  3. Quando a tela de boot do sistema de destino for exibida, use o prompt de parâmetros de boot para definir as opções de SSH e, se necessário, a configuração de rede estática. Para obter informações sobre os parâmetros de boot, consulte o Capítulo 7, Parâmetros de boot.

    1. Parâmetros de boot para uma configuração de rede estática:

      netdevice=NETDEVICE hostip=IP_ADDRESS netmask=NETMASK gateway=IP_GATEWAY ssh=1 ssh.password=PASSWORD
    2. Parâmetros de boot para uma configuração de rede dinâmica (DHCP):

      ssh=1 ssh.password=PASSWORD
  4. O sistema de destino é inicializado em um ambiente baseado em texto, apresentando o endereço de rede sob o qual o ambiente de instalação gráfica pode ser endereçado por qualquer cliente SSH.

  5. Na estação de trabalho de controle, abra uma janela de terminal e conecte-se ao sistema de destino como descrito na Seção 11.4.2, “Conectando-se ao programa de instalação”.

  6. Execute a instalação como descrito no Capítulo 8, Etapas de instalação.

  7. Reconecte-se ao sistema de destino depois que ele for reinicializado para a configuração inicial do sistema. Para obter os detalhes, consulte a Parte IV, “Configuração inicial do sistema”.

11.2.4 Instalação da rede via SSH

Esse tipo de instalação não requer interação direta com a máquina de destino. O sistema é inicializado via PXE, e os dados de instalação são buscados em um servidor.

Para executar este tipo de instalação, verifique se os seguintes requisitos foram atendidos:

  • Pelo menos uma máquina que possa ser usada para instalar um servidor DHCP, NFS, HTTP, FTP, TFTP ou SMB.

  • Sistema de destino com recurso de inicialização PXE, rede e Wake on LAN, conectado à rede.

  • Sistema de controle com conexão de rede ativa e software viewer do SSH.

Para executar este tipo de instalação, proceda da seguinte maneira:

  1. Configure o servidor que contém os dados de instalação. Para obter os detalhes, consulte a Parte III, “Configurando um servidor de instalação”.

  2. Configure um servidor DHCP e TFTP para a rede. Isso está descrito no Capítulo 15, Preparando o ambiente de boot de rede. Adicione os parâmetros de boot necessários para habilitar o servidor SSH.

  3. Habilite o boot PXE no firmware da máquina de destino. Para obter mais informações, consulte a Seção 15.4, “Preparando o sistema de destino para inicialização PXE”.

  4. Inicie o processo de inicialização do sistema de destino usando Wake on LAN. Isso está descrito no Seção 15.6, “Ativação na LAN”.

  5. Na estação de trabalho de controle, abra um software cliente SSH e conecte-se ao sistema de destino, conforme descrito na Seção 11.4, “Monitorando a instalação por SSH”.

  6. Execute a instalação como descrito no Capítulo 8, Etapas de instalação.

  7. Reconecte-se ao sistema de destino depois que ele for reinicializado para a configuração inicial do sistema. Para obter os detalhes, consulte a Parte IV, “Configuração inicial do sistema”.

11.3 Monitorando a instalação por VNC

Usando um software viewer de VNC, é possível controlar remotamente a instalação do SUSE Linux Enterprise Server praticamente de qualquer sistema operacional. Esta seção apresenta a configuração usando um visualizador VNC ou um browser da Web.

11.3.1 Preparando para instalação VNC

Para habilitar o VNC no destino de instalação, especifique os parâmetros de boot apropriados no boot inicial para instalação (consulte o Capítulo 7, Parâmetros de boot). O sistema de destino inicializa em um ambiente baseado em texto e espera que um cliente VNC conecte-se ao programa de instalação.

O programa de instalação anuncia o endereço IP e exibe o número necessário para conexão para a instalação. Se você tiver acesso físico ao sistema de destino, essas informações são fornecidas logo depois do sistema ser inicializado para instalação. Digite esses dados quando eles forem solicitados pelo software cliente VNC e forneça a sua senha VNC.

Como o destino de instalação se anuncia por OpenSLP, você pode recuperar as informações de endereço do destino de instalação por um browser SLP. Não há necessidade de nenhum contato físico com o destino de instalação propriamente dito, desde que a configuração de rede e todas as máquinas suportem OpenSLP:

Procedimento 11.1: Localizando instalações do VNC via OpenSLP
  1. Execute slptool findsrvtypes | grep vnc para ver uma lista de todos os serviços que oferecem VNC. Os destinos da instalação do VNC devem estar disponíveis em um serviço denominado YaST.installation.suse.

  2. Execute slptool findsrvs YaST.instalação.suse para ver uma lista das instalações disponíveis. Use o endereço IP e a porta (normalmente, 5901) fornecidos pelo viewer do VNC.

11.3.2 Conectando-se ao programa de instalação

Há duas formas de se conectar a um servidor VNC (neste caso, o destino da instalação). Você pode iniciar um aplicativo de viewer VNC independente em qualquer sistema operacional ou conectar-se usando um browser da Web habilitado para JavaScript.

Com o VNC, é possível controlar a instalação de um sistema Linux de qualquer outro sistema operacional, incluindo outras variedades do Linux, Windows ou macOS.

Em uma máquina Linux, verifique se o pacote tightvnc está instalado. Em uma máquina Windows, instale a porta Windows deste aplicativo, que pode ser obtida na home page do TightVNC (http://www.tightvnc.com/download.html).

Para conectar-se ao programa de instalação executado na máquina de destino, proceda da seguinte maneira:

  1. Inicie o visualizador VNC.

  2. Digite o endereço IP e o número de exibição do destino de instalação como fornecidos pelo browser SLP ou pelo próprio programa de instalação:

    IP_ADDRESS:DISPLAY_NUMBER

    Uma janela é aberta na área de trabalho, mostrando as telas do YaST como em uma instalação local normal.

Ao usar um browser da Web para conectar-se ao programa de instalação, você fica totalmente independente de qualquer software VNC ou do sistema operacional subjacente. Desde que o aplicativo browser tenha o suporte a JavaScript habilitado, você poderá usar qualquer browser (Firefox, Internet Explorer, Chromium, Opera, etc.) para executar a instalação do sistema Linux.

Observe que a conexão VNC do browser não é criptografada.

Para executar uma instalação VCN, proceda da seguinte maneira:

  1. Inicie o seu browser da Web favorito.

  2. Digite o seguinte no prompt de endereço:

    http://IP_ADDRESS_OF_TARGET:5801
  3. Digite sua senha VNC quando solicitado. A janela do browser agora exibe as telas do YaST como em uma instalação local normal.

11.4 Monitorando a instalação por SSH

Com o SSH, você pode controlar remotamente a instalação da sua máquina Linux usando qualquer software cliente SSH.

11.4.1 Preparando para instalação SSH

Além de instalar o pacote de software apropriado (OpenSSH para Linux e PuTTY para Windows), você precisa especificar os parâmetros de boot apropriados para habilitar o SSH para instalação. Consulte o Capítulo 7, Parâmetros de boot para obter os detalhes. Por padrão, o OpenSSH é instalado em qualquer sistema operacional baseado no SUSE Linux.

11.4.2 Conectando-se ao programa de instalação

Após iniciar a instalação do SSH, use este procedimento para se conectar à sessão SSH.

  1. Recupere o endereço IP do destino da instalação. Se você tiver acesso físico à máquina de destino, use o endereço IP fornecido pela rotina de instalação no console após a primeira inicialização. Do contrário, use o endereço IP que foi atribuído a este host específico na configuração de servidor DHCP.

  2. Em uma linha de comando, digite o seguinte comando:

    ssh -X root@TARGET_IP_ADDRESS

    Substitua ENDEREÇO_IP_DE_DESTINO pelo endereço IP real do destino de instalação.

  3. Quando for solicitado um nome de usuário, digite root.

  4. Quando for solicitada uma senha, digite a que foi definida com o parâmetro de boot do SSH. Depois que você autenticar com êxito, será exibido um prompt de linha de comando para o destino da instalação.

  5. Digite yast para iniciar o programa de instalação. Uma janela é aberta mostrando as telas normais do YaST como descrito no Capítulo 8, Etapas de instalação.

11.5 Monitorando a instalação pelo console serial

Para esse método de instalação, você precisa de um segundo computador conectado por um cabo de modem nulo ao computador em que o SUSE Linux Enterprise Server será instalado. O hardware e o firmware de ambas as máquinas precisam suportar o console serial. Algumas implementações de firmware já estão configuradas para enviar a saída do console de boot para um console serial (fornecendo uma árvore de dispositivos com /chosen/stdout-path definido apropriadamente). Neste caso, não é necessária nenhuma configuração adicional.

Se o firmware não usar o console serial para a saída de console de boot, defina o seguinte parâmetro de boot para a instalação: console=TTY,BAUDRATE. Para obter os detalhes, consulte o Section 14.2.5, “Editing Menu Entries during the Boot Procedure” e o Capítulo 7, Parâmetros de boot.

É necessário substituir TAXADETRANSMISSÃO pela taxa de transmissão para a interface. Os valores válidos são 115200, 38400 ou 9600. É necessário substituir TTY pelo nome da interface. Na maioria dos computadores, há uma ou mais interfaces seriais. Dependendo do hardware, os nomes das interfaces podem variar:

  • ttyS0 para APM

  • ttyAMA0 para Server Base System Architecture (SBSA)

  • ttyPS0 para Xilinx

Para a instalação, é preciso um programa de terminal como o minicom ou screen. Para iniciar a conexão serial, inicie o programa da tela em um console local, digitando o seguinte comando:

tux > screen /dev/ttyUSB0 115200

Isso significa que o screen ouve a primeira porta serial com uma taxa de transmissão de 115200. Desse ponto em diante, a instalação continuará de modo semelhante à instalação baseada em texto por este terminal.

Imprimir esta página