Jump to contentJump to page navigation: previous page [access key p]/next page [access key n]
Aplica-se a SUSE Linux Enterprise Server 15 SP1

21 Mudando as configurações de idioma e país com o YaST

O trabalho com diferentes países ou em um ambiente multilíngue exige que seu computador seja configurado para oferecer suporte a isso. O SUSE® Linux Enterprise Server aceita vários idiomas paralelamente. Idioma é um conjunto de parâmetros que define as configurações de língua e país refletidas na interface do usuário.

O idioma do sistema principal foi selecionado durante a instalação, e as configurações de teclado e fuso horário foram ajustadas. Entretanto, é possível instalar idiomas adicionais no sistema e determinar qual deles será o padrão.

Para estas tarefas, use o módulo de idioma do YaST conforme descrito na Seção 21.1, “Mudando o idioma do sistema”. Instale idiomas secundários para obter uma localização opcional, se precisar iniciar aplicativos ou áreas de trabalho em idiomas diferentes do idioma primário.

Além disso, o módulo de fuso horário do YaST permite ajustar as configurações de país e fuso horário de acordo. Também permite sincronizar o relógio do sistema com o servidor de horário. Para obter informações detalhadas, consulte a Seção 21.2, “Mudando as configurações de país e horário”.

21.1 Mudando o idioma do sistema

Dependendo de como você usa a área de trabalho e se deseja alternar todo o sistema para outro idioma ou apenas o ambiente de área de trabalho, você terá várias maneiras de fazer isso:

Mudando o idioma do sistema globalmente

Prossiga conforme descrito na Seção 21.1.1, “Modificando idiomas do sistema com o YaST” e na Seção 21.1.2, “Trocando o idioma padrão do sistema” para instalar pacotes localizados adicionais com o YaST e definir o idioma padrão. As mudanças entrarão em vigor depois do próximo login. Para garantir que todo o sistema reflita a mudança, reinicialize o sistema ou feche e reinicie todos os serviços, aplicativos e programas em execução.

Mudando o idioma apenas da área de trabalho

Se você instalou os pacotes de idiomas desejados para o seu ambiente de área de trabalho com o YaST, poderá alternar o idioma da área de trabalho usando o respectivo centro de controle, conforme descrito abaixo. Após a reinicialização do servidor X, toda a sua área de trabalho refletirá a nova opção de idioma. Os aplicativos que não pertencem à estrutura da área de trabalho não serão afetados por esta mudança e ainda poderão aparecer no idioma que foi definido no YaST.

Trocando os idiomas temporariamente em apenas um aplicativo

É possível também executar um único aplicativo em outro idioma (já instalado com o YaST). Para isso, inicie-o pela linha de comando especificando o código do idioma, conforme descrito na Seção 21.1.3, “Alternando idiomas de aplicativos X padrão e do GNOME”.

21.1.1 Modificando idiomas do sistema com o YaST

O YaST reconhece duas categorias de idioma diferentes:

Idioma primário

O idioma principal definido no YaST se aplica a todo o sistema, incluindo o YaST e o ambiente de área de trabalho. Esse idioma será usado sempre que estiver disponível, a menos que você especifique um outro idioma manualmente.

Idiomas secundários

Instale idiomas secundários para tornar o sistema multilíngue. Os idiomas instalados como secundários podem ser selecionados manualmente em determinada situação. Por exemplo, use um idioma secundário para iniciar um aplicativo em determinado idioma para processamento de texto nesse idioma.

Antes de instalar idiomas adicionais, determine qual deles será o padrão do sistema (idioma primário).

Para acessar o módulo de idioma do YaST, inicie o YaST e clique em Sistema › Idioma. Se preferir, inicie a caixa de diálogo Idiomas diretamente, executando sudo yast2 language & de uma linha de comando.

Procedimento 21.1: Instalando idiomas adicionais

Ao instalar idiomas adicionais, o YaST também permite definir configurações de idioma diferentes para o usuário root, consulte o Etapa 4. A opção Configurações Locais para Usuário root determina como as variáveis de idioma (LC_*) no arquivo /etc/sysconfig/language são definidas para o root. Você pode defini-las para o mesmo idioma dos usuários comuns. Se preferir, você poderá evitar que ele seja afetado por qualquer mudança de idioma ou apenas definir a variável RC_LC_CTYPE para os mesmos valores dos usuários comuns. A variável RC_LC_CTYPE define a localização para chamadas de função específicas do idioma.

  1. Para adicionar idiomas ao módulo de idioma do YaST, selecione os Idiomas Secundários que deseja instalar.

  2. Para tornar padrão o idioma, defina-o como Idioma Primário.

  3. Além disso, adapte o teclado ao novo idioma primário e ajuste o fuso horário, se apropriado.

    Dica
    Dica: Configurações Avançadas

    Para as configurações avançadas de teclado ou fuso horário, selecione Hardware › Layout do Teclado do Sistema ou Sistema › Data e Horário no YaST para iniciar as respectivas caixas de diálogo. Para obter mais informações, consulte a Seção 16.1, “Configurando o layout do teclado do sistema” e a Seção 21.2, “Mudando as configurações de país e horário”.

  4. Para mudar as configurações de idioma específicas ao usuário root, clique em Detalhes.

    1. Defina Configurações Locais para Usuário root com o valor desejado. Para obter mais informações, clique em Ajuda.

    2. Decida se deseja ou não Usar Codificação UTF-8 para o root.

  5. Se o seu idioma não foi incluído na lista de idiomas primários disponíveis, tente especificá-lo com Configuração Detalhada de Local. No entanto, algumas localizações podem estar incompletas.

  6. Clique em OK para confirmar as mudanças nas caixas de diálogo. Se você selecionou idiomas secundários, o YaST instalará os pacotes de software localizados para os idiomas adicionais.

O sistema agora é multilíngue. Entretanto, para iniciar um aplicativo em idioma diferente do primário, você precisa definir o idioma desejado explicitamente conforme explicado na Seção 21.1.3, “Alternando idiomas de aplicativos X padrão e do GNOME”.

21.1.2 Trocando o idioma padrão do sistema

Para mudar globalmente o idioma padrão de um sistema, siga o procedimento abaixo:

  1. Inicie o módulo de idioma do YaST.

  2. Selecione o novo idioma desejado do sistema como Idioma Primário.

    Importante
    Importante: Apagando idiomas anteriores do sistema

    Se você mudar para um idioma primário diferente, os pacotes de softwares localizados referentes ao idioma primário anterior serão removidos do sistema. Para alternar o idioma padrão do sistema, mas manter o idioma primário anterior como adicional, adicione-o como Idiomas Secundários habilitando a respectiva caixa de seleção.

  3. Ajuste as opções de teclado e fuso horário conforme desejado.

  4. Confirme as mudanças clicando em OK.

  5. Depois que o YaST aplicar as mudanças, reinicie as sessões X atuais (por exemplo, efetuando logout e login novamente) para que o YaST e os aplicativos de área de trabalho reflitam as novas configurações de idioma.

21.1.3 Alternando idiomas de aplicativos X padrão e do GNOME

Após instalar o respectivo idioma com o YaST, você poderá executar um único aplicativo em outro idioma.

Inicie o aplicativo da linha de comando usando o seguinte comando:

LANG=LANGUAGE application

Por exemplo, para iniciar o f-spot em alemão, execute LANG=de_DE f-spot. Para outros idiomas, use o código de idioma apropriado. Obtenha a lista de todos os códigos de idioma disponíveis usando o comando locale -av.

21.2 Mudando as configurações de país e horário

Usando o módulo de data e horário do YaST, ajuste as informações de data, relógio e fuso horário do sistema de acordo com a área em que estiver trabalhando. Para acessar o módulo do YaST, inicie o YaST e clique em Sistema › Data e Horário. Se preferir, inicie a caixa de diálogo Relógio e Fuso Horário diretamente, executando sudo yast2 timezone & de uma linha de comando.

Primeiro, selecione a região geral, como Europa. Escolha o país apropriado correspondente ao local onde você está trabalhando, por exemplo, Alemanha.

Dependendo dos sistemas operacionais em execução na estação de trabalho, ajuste as configurações do relógio do hardware de acordo:

  • Se você executar outro sistema operacional em sua máquina, como o Microsoft Windows*, é provável que seu sistema não use UTC, mas o horário local. Neste caso, desative Relógio de Hardware Definido Para UTC.

  • Se você executa somente Linux em sua máquina, defina o relógio de hardware como UTC e faça com que o horário padrão alterne automaticamente para o horário de verão.

Importante
Importante: Definir o relógio do hardware como UTC

Só é possível alternar do horário padrão para o horário de verão (e vice-versa) automaticamente quando o relógio do hardware (relógio CMOS) está definido como UTC. Isso também se aplica quando você usa a sincronização automática de horário com NTP, pois a sincronização automática só pode ser feita quando a diferença de horário entre o relógio do hardware e do sistema é inferior a 15 minutos.

Como o horário incorreto do sistema pode provocar problemas graves (backups ausentes, mensagens de e-mail descartadas, falhas de montagem em sistemas de arquivos remotos, etc.), é altamente recomendado definir sempre o relógio do hardware como UTC.

Você pode mudar a data e o horário manualmente ou optar por sincronizar sua máquina com um servidor NTP de forma permanente ou apenas para ajustar o relógio do hardware.

Procedimento 21.2: Ajustando data e hora manualmente
  1. No módulo de fuso horário do YaST, clique em Outras Configurações para definir a data e o horário.

  2. Selecione Manualmente e digite os valores de data e horário.

  3. Confirme as mudanças.

Procedimento 21.3: Definindo a data e o horário com o servidor NTP
  1. Clique em Outras Configurações para definir a data e o horário.

  2. Selecione Sincronizar com o Servidor NTP.

  3. Digite o endereço de um servidor NTP, caso ainda não tenha sido preenchido.

  4. Clique em Sincronizar Agora para definir o horário do sistema corretamente.

  5. Para usar o NTP permanentemente, habilite Gravar Configuração do NTP.

  6. Com o botão Configurar, é possível abrir a configuração avançada de NTP. Para obter os detalhes, consulte a Section 31.1, “Configuring an NTP Client with YaST”.

  7. Confirme as mudanças.

Imprimir esta página